RPG Hogwarts Mania - Feito de Fãs para Fãs.

RPG Hogwarts Mania - Feito de Fãs para Fãs.

Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts.
 
InícioPortalFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Lobisomens - Regras, poderes, fraquezas e etc.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Diretor Kauê LittleBrown
avatar

Admin

Admin


Mensagens : 49
Data de inscrição : 11/03/2010
Idade : 24
Localização : Hogwarts

Perfil Bruxo
Casa: Grifinória
Sangue: Puro
Ano: Concluído

MensagemAssunto: Lobisomens - Regras, poderes, fraquezas e etc.   Qua Mar 17, 2010 10:49 pm

Lobisomen



Raça formada a partir de um clã; esta espécie possui uma hedionda formação de tribos, habitantes de florestas ou residentes de antigas cavernas obscuras. A mesma se unificara com o passar dos anos e hoje esta raça é dividida entre grandes alcatéias secretamente proliferadas. Há variadas manifestações no mundo da magia, que se desenvolvem a partir de visitas em bando das criaturas, mas há grandes riscos, embora sejam diferentes, quando assumem a forma humana são irreconhecíveis, equiparam-se a cidadãos comuns.

Quando assume sua forma de lobo (transformam-se em grandes lobos, diferenciados em cor e raça), ataca qualquer um que encontrar em seu caminho, lobisomens não dispõe do sendo de reconhecimento, sua mordida é fatal, morte na certa.

A raça é geneticamente transmissível (passa de avô para neto), quem nasce com esta carnificina não dispõe de curas, na verdade é algo do sangue. Na maioria das vezes os poderes licantropicos surgem na adolescência, por volta dos 15 anos de idade, visando sempre sua existência somente em gêneses masculinos.

Os lobisomens, por sua vez, são considerados criaturas brutas e é de extrema liberdade, matar qualquer um que seja por sua própria defesa, a partir desta lei imposta pelo ministério começaram-se caçadas sangrentas.


Descrição e Aparência

Lobisomens; logicamente possuem a aparência semelhante à de um lobo, se diferem no tamanho e comportamento, os integrantes desta raça possuem a grandiosa vantagem de não envelhecerem e acabam permanecendo com a estatura que obtém no ato da transformação. Mas a algumas mudanças, o corpo ganha músculos aparentemente avantajados (sem exagero), há ainda o crescimento rápido dos cabelos (cabeça).

A raça também se difere entre si através de cores obtidas nos pelos da transformação, a cor muda com o tempo de experiência e determinação. Vejamos:

Pelo Alaranjado – Novato; um lobisomem com esta cor na pelagem é novo na pratica, ou seja, recém mordido ou descoberto, a muito a aprender, estes são mais ferozes e famintos que os mais velhos, sua força também é maior, pelo fato de se manterem com sangue humano correndo em suas veias.

Pelo Acinzentado – incorporação; após controlarem sua sanguinária fome e maneira de atacar os lobisomens ficam com esta cor de pele, são mais práticos e atacam o Maximo nas sombras para não serem capturados, estes são conhecidos como protetores, pois voltam a ter lembranças humanas e guardam as pessoas que amam na mente.

Pelo Preto/Negro - Experiente; conhecidos como práticos e diretos, estes podem controlar sua real habilidade ou maldição, se transformam a hora que querem e bem entendem se alimentam com o necessário e consegue escolher, alguns só se alimentam de animais menores não gostam de atacar humanos.


AVISO: Lobisomens se transformam a partir de sua fome, não precisam de lua cheia, mas quando expostos a ela se tornam mais fortes e selvagens.



Poderes:

Mesmo sendo cruelmente devastadores, os lobisomens também possuem ajudantes poderes que se manifestam com o decorrer do tempo, é pratico dizer que são poderes alem dos existentes (força e velocidade), são avantajadas forças sobrenaturais que se manifestam em seus corpos. Os poderes alem do comum são: Ilusão, transmissão, multiplicidade e sedução.


Ilusão – útil para a tática de caça, estes se interagem perante o ambiente, podem iludir os olhos da vitima com a imagem petrificada, ou seja, a vista parecem pedras dispostamente colocada na natureza.

Transmissão – somente estes podem transmitir o vírus da licantropia; sua mordida basicamente pode transformar qualquer “HOMEM” (mulheres não suportam o vírus, é letal) em um de sua espécie. Quando mordem a vitima sem a intenção de matá-la, mas sim de transformá-la, o mesmo sofre por três noites antes da total transformação.

Multiplicidade – basicamente se multiplicam; os possuintes desta habilidade conseguem se multiplicar em duas copias exatamente reais, ou seja, não é uma ilusão. Mas há um problema este poder se torna inútil fora do ciclo lunar licantrópico (lua cheia).

Sedução
– olhar atrativo; conseguem invadir os desejos humanos até chegar aos princípios de atraí-las para sua presença. Basicamente age como uma hipnose rápida e certeira, usado para um sistema mais fácil de caça.


Fraquezas

Esta raça basicamente acaba se tornando quase indestrutível, lobisomens se recompõem de feridas, cortes e outros enfermos menos de desmembramentos ou dissipação de cabeça. Umas das principais fraquezas dos lobisomens são: carnes humanas não resistem a este/ quando escalpelados perdem uma porcentagem da força, mas não morrem/ magia solar também os desestabilizam/ dissipação da cabeça é fatal e é claro fragmento de prata no coração (estaca, bala, facas e etc.)

Para os lobisomens transformados através da mordida as fraquezas se estendem; podem ser dês transformados através da magia HOMORFO e podem ser rapidamente destruídos através de magias bruscas e fatais. Estes ainda podem adotar o poderoso controle da transformação através de poções e amuletos, mas somente estabilizam.


Fraquezas internas

Uma das poderosas forças mágicas que rondam a raça de lobisomens é a poderosa abstinência sentimental, ou seja, quando realmente são expostos a sentimentos fortes, causam-se mudanças ou enfraquecimento das raízes. As fraquezas internas somente surgem em lobisomens geneticamente transformados, os “NOVATOS” não se diferem com estas fraquezas. As fraquezas são:

Laços Sanguíneos – poderosos; o laço sanguíneo (parente familiar fortemente ligado) impede basicamente nas relativas fomes pela carne humana, ou seja, lobisomens não tacam seus pais ou irmãos. Na verdade protegem.

Ligação Corpórea – feitiço antigo lançado a raça; com o passar dos anos a raça descobriu que possuem alguma relação diferente quando se apaixonam pela garota certa. Quando encontram o verdadeiro “AMOR” sofrem um tipo de magia corpórea, como se fosse a outra parte de sua alma. Quando encontram esta garota, a protegem com sua própria vida, dependendo de sua existência.

Quando este amor morre, o lobisomem entra em um terrível estado de depressão e acaba deixando todos seus poderes, tendo o fim de suas transformações que os levam a morte por não conseguirem mais se alimentarem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Diretor Kauê LittleBrown
avatar

Admin

Admin


Mensagens : 49
Data de inscrição : 11/03/2010
Idade : 24
Localização : Hogwarts

Perfil Bruxo
Casa: Grifinória
Sangue: Puro
Ano: Concluído

MensagemAssunto: Re: Lobisomens - Regras, poderes, fraquezas e etc.   Qua Mar 17, 2010 11:07 pm

Lobisomens são raças geradas apartir de decendentes. Ou quando um Lobisomen portador da habilidade de passar o virus morde um HOMEM, nenhuma mulher resisti ao virus do Lobisomen, o virus no organismo feminino é altamente letal. Entretanto o RPG está abrindo 5 vagas para Lobismones, um será o lider da Alcatéia. Preencha a ficha abaixo;


Citação :
Dados do Jogador (OFF)

Nome:
Idade:
E-mail:
Casa do Coração:
Quanto tempo joga rpgs de magia?

Dados do Personagem:

Nome:
Idade:
Casa:
Sangue:
Familia:

Questionário:


1. Por quê deseja se tornar um Lobisomen?

2. Conhece todos os defeitos e qualidades de um lobisomen?

3. Cite o seus defeitos e qualidades.

4. Se você se tornar um lobisomen, qual habilidade desejaria? (APENAS UMA).

5. Crie uma história de como se tornou lobisomen , seja criativo. (Min. 10 Linhas)


NOTA
: É OBRIGATÓRIO, que a mensagem tenha como assunto : "Ficha para Lobisomens." - Envie para Diretor Kauê LittleBrown.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Denis Lisboa





Mensagens : 1
Data de inscrição : 27/12/2011

MensagemAssunto: Re: Lobisomens - Regras, poderes, fraquezas e etc.   Ter Dez 27, 2011 2:39 am

blz vc ta falando serio ou isso e so um jogo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
thailerlobo





Mensagens : 3
Data de inscrição : 22/01/2012
Idade : 22

Perfil Bruxo
Casa:
Sangue:
Ano:

MensagemAssunto: ficha de thailerlobo   Dom Jan 22, 2012 8:20 pm

Diretor Kauê LittleBrown escreveu:
Lobisomen



Raça formada a partir de um clã; esta espécie possui uma hedionda formação de tribos, habitantes de florestas ou residentes de antigas cavernas obscuras. A mesma se unificara com o passar dos anos e hoje esta raça é dividida entre grandes alcatéias secretamente proliferadas. Há variadas manifestações no mundo da magia, que se desenvolvem a partir de visitas em bando das criaturas, mas há grandes riscos, embora sejam diferentes, quando assumem a forma humana são irreconhecíveis, equiparam-se a cidadãos comuns.

Quando assume sua forma de lobo (transformam-se em grandes lobos, diferenciados em cor e raça), ataca qualquer um que encontrar em seu caminho, lobisomens não dispõe do sendo de reconhecimento, sua mordida é fatal, morte na certa.

A raça é geneticamente transmissível (passa de avô para neto), quem nasce com esta carnificina não dispõe de curas, na verdade é algo do sangue. Na maioria das vezes os poderes licantropicos surgem na adolescência, por volta dos 15 anos de idade, visando sempre sua existência somente em gêneses masculinos.

Os lobisomens, por sua vez, são considerados criaturas brutas e é de extrema liberdade, matar qualquer um que seja por sua própria defesa, a partir desta lei imposta pelo ministério começaram-se caçadas sangrentas.


Descrição e Aparência

Lobisomens; logicamente possuem a aparência semelhante à de um lobo, se diferem no tamanho e comportamento, os integrantes desta raça possuem a grandiosa vantagem de não envelhecerem e acabam permanecendo com a estatura que obtém no ato da transformação. Mas a algumas mudanças, o corpo ganha músculos aparentemente avantajados (sem exagero), há ainda o crescimento rápido dos cabelos (cabeça).

A raça também se difere entre si através de cores obtidas nos pelos da transformação, a cor muda com o tempo de experiência e determinação. Vejamos:

Pelo Alaranjado – Novato; um lobisomem com esta cor na pelagem é novo na pratica, ou seja, recém mordido ou descoberto, a muito a aprender, estes são mais ferozes e famintos que os mais velhos, sua força também é maior, pelo fato de se manterem com sangue humano correndo em suas veias.

Pelo Acinzentado – incorporação; após controlarem sua sanguinária fome e maneira de atacar os lobisomens ficam com esta cor de pele, são mais práticos e atacam o Maximo nas sombras para não serem capturados, estes são conhecidos como protetores, pois voltam a ter lembranças humanas e guardam as pessoas que amam na mente.

Pelo Preto/Negro - Experiente; conhecidos como práticos e diretos, estes podem controlar sua real habilidade ou maldição, se transformam a hora que querem e bem entendem se alimentam com o necessário e consegue escolher, alguns só se alimentam de animais menores não gostam de atacar humanos.


AVISO: Lobisomens se transformam a partir de sua fome, não precisam de lua cheia, mas quando expostos a ela se tornam mais fortes e selvagens.



Poderes:

Mesmo sendo cruelmente devastadores, os lobisomens também possuem ajudantes poderes que se manifestam com o decorrer do tempo, é pratico dizer que são poderes alem dos existentes (força e velocidade), são avantajadas forças sobrenaturais que se manifestam em seus corpos. Os poderes alem do comum são: Ilusão, transmissão, multiplicidade e sedução.


Ilusão – útil para a tática de caça, estes se interagem perante o ambiente, podem iludir os olhos da vitima com a imagem petrificada, ou seja, a vista parecem pedras dispostamente colocada na natureza.

Transmissão – somente estes podem transmitir o vírus da licantropia; sua mordida basicamente pode transformar qualquer “HOMEM” (mulheres não suportam o vírus, é letal) em um de sua espécie. Quando mordem a vitima sem a intenção de matá-la, mas sim de transformá-la, o mesmo sofre por três noites antes da total transformação.

Multiplicidade – basicamente se multiplicam; os possuintes desta habilidade conseguem se multiplicar em duas copias exatamente reais, ou seja, não é uma ilusão. Mas há um problema este poder se torna inútil fora do ciclo lunar licantrópico (lua cheia).

Sedução
– olhar atrativo; conseguem invadir os desejos humanos até chegar aos princípios de atraí-las para sua presença. Basicamente age como uma hipnose rápida e certeira, usado para um sistema mais fácil de caça.


Fraquezas

Esta raça basicamente acaba se tornando quase indestrutível, lobisomens se recompõem de feridas, cortes e outros enfermos menos de desmembramentos ou dissipação de cabeça. Umas das principais fraquezas dos lobisomens são: carnes humanas não resistem a este/ quando escalpelados perdem uma porcentagem da força, mas não morrem/ magia solar também os desestabilizam/ dissipação da cabeça é fatal e é claro fragmento de prata no coração (estaca, bala, facas e etc.)

Para os lobisomens transformados através da mordida as fraquezas se estendem; podem ser dês transformados através da magia HOMORFO e podem ser rapidamente destruídos através de magias bruscas e fatais. Estes ainda podem adotar o poderoso controle da transformação através de poções e amuletos, mas somente estabilizam.


Fraquezas internas

Uma das poderosas forças mágicas que rondam a raça de lobisomens é a poderosa abstinência sentimental, ou seja, quando realmente são expostos a sentimentos fortes, causam-se mudanças ou enfraquecimento das raízes. As fraquezas internas somente surgem em lobisomens geneticamente transformados, os “NOVATOS” não se diferem com estas fraquezas. As fraquezas são:

Laços Sanguíneos – poderosos; o laço sanguíneo (parente familiar fortemente ligado) impede basicamente nas relativas fomes pela carne humana, ou seja, lobisomens não tacam seus pais ou irmãos. Na verdade protegem.

Ligação Corpórea – feitiço antigo lançado a raça; com o passar dos anos a raça descobriu que possuem alguma relação diferente quando se apaixonam pela garota certa. Quando encontram o verdadeiro “AMOR” sofrem um tipo de magia corpórea, como se fosse a outra parte de sua alma. Quando encontram esta garota, a protegem com sua própria vida, dependendo de sua existência.

Quando este amor morre, o lobisomem entra em um terrível estado de depressão e acaba deixando todos seus poderes, tendo o fim de suas transformações que os levam a morte por não conseguirem mais se alimentarem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
thailerlobo





Mensagens : 3
Data de inscrição : 22/01/2012
Idade : 22

Perfil Bruxo
Casa:
Sangue:
Ano:

MensagemAssunto: ficha de thailerlobo   Dom Jan 22, 2012 8:23 pm

Diretor Kauê LittleBrown escreveu:
Lobisomen



Raça formada a partir de um clã; esta espécie possui uma hedionda formação de tribos, habitantes de florestas ou residentes de antigas cavernas obscuras. A mesma se unificara com o passar dos anos e hoje esta raça é dividida entre grandes alcatéias secretamente proliferadas. Há variadas manifestações no mundo da magia, que se desenvolvem a partir de visitas em bando das criaturas, mas há grandes riscos, embora sejam diferentes, quando assumem a forma humana são irreconhecíveis, equiparam-se a cidadãos comuns.

Quando assume sua forma de lobo (transformam-se em grandes lobos, diferenciados em cor e raça), ataca qualquer um que encontrar em seu caminho, lobisomens não dispõe do sendo de reconhecimento, sua mordida é fatal, morte na certa.

A raça é geneticamente transmissível (passa de avô para neto), quem nasce com esta carnificina não dispõe de curas, na verdade é algo do sangue. Na maioria das vezes os poderes licantropicos surgem na adolescência, por volta dos 15 anos de idade, visando sempre sua existência somente em gêneses masculinos.

Os lobisomens, por sua vez, são considerados criaturas brutas e é de extrema liberdade, matar qualquer um que seja por sua própria defesa, a partir desta lei imposta pelo ministério começaram-se caçadas sangrentas.


Descrição e Aparência

Lobisomens; logicamente possuem a aparência semelhante à de um lobo, se diferem no tamanho e comportamento, os integrantes desta raça possuem a grandiosa vantagem de não envelhecerem e acabam permanecendo com a estatura que obtém no ato da transformação. Mas a algumas mudanças, o corpo ganha músculos aparentemente avantajados (sem exagero), há ainda o crescimento rápido dos cabelos (cabeça).

A raça também se difere entre si através de cores obtidas nos pelos da transformação, a cor muda com o tempo de experiência e determinação. Vejamos:

Pelo Alaranjado – Novato; um lobisomem com esta cor na pelagem é novo na pratica, ou seja, recém mordido ou descoberto, a muito a aprender, estes são mais ferozes e famintos que os mais velhos, sua força também é maior, pelo fato de se manterem com sangue humano correndo em suas veias.

Pelo Acinzentado – incorporação; após controlarem sua sanguinária fome e maneira de atacar os lobisomens ficam com esta cor de pele, são mais práticos e atacam o Maximo nas sombras para não serem capturados, estes são conhecidos como protetores, pois voltam a ter lembranças humanas e guardam as pessoas que amam na mente.

Pelo Preto/Negro - Experiente; conhecidos como práticos e diretos, estes podem controlar sua real habilidade ou maldição, se transformam a hora que querem e bem entendem se alimentam com o necessário e consegue escolher, alguns só se alimentam de animais menores não gostam de atacar humanos.


AVISO: Lobisomens se transformam a partir de sua fome, não precisam de lua cheia, mas quando expostos a ela se tornam mais fortes e selvagens.



Poderes:

Mesmo sendo cruelmente devastadores, os lobisomens também possuem ajudantes poderes que se manifestam com o decorrer do tempo, é pratico dizer que são poderes alem dos existentes (força e velocidade), são avantajadas forças sobrenaturais que se manifestam em seus corpos. Os poderes alem do comum são: Ilusão, transmissão, multiplicidade e sedução.


Ilusão – útil para a tática de caça, estes se interagem perante o ambiente, podem iludir os olhos da vitima com a imagem petrificada, ou seja, a vista parecem pedras dispostamente colocada na natureza.

Transmissão – somente estes podem transmitir o vírus da licantropia; sua mordida basicamente pode transformar qualquer “HOMEM” (mulheres não suportam o vírus, é letal) em um de sua espécie. Quando mordem a vitima sem a intenção de matá-la, mas sim de transformá-la, o mesmo sofre por três noites antes da total transformação.

Multiplicidade – basicamente se multiplicam; os possuintes desta habilidade conseguem se multiplicar em duas copias exatamente reais, ou seja, não é uma ilusão. Mas há um problema este poder se torna inútil fora do ciclo lunar licantrópico (lua cheia).

Sedução
– olhar atrativo; conseguem invadir os desejos humanos até chegar aos princípios de atraí-las para sua presença. Basicamente age como uma hipnose rápida e certeira, usado para um sistema mais fácil de caça.


Fraquezas

Esta raça basicamente acaba se tornando quase indestrutível, lobisomens se recompõem de feridas, cortes e outros enfermos menos de desmembramentos ou dissipação de cabeça. Umas das principais fraquezas dos lobisomens são: carnes humanas não resistem a este/ quando escalpelados perdem uma porcentagem da força, mas não morrem/ magia solar também os desestabilizam/ dissipação da cabeça é fatal e é claro fragmento de prata no coração (estaca, bala, facas e etc.)

Para os lobisomens transformados através da mordida as fraquezas se estendem; podem ser dês transformados através da magia HOMORFO e podem ser rapidamente destruídos através de magias bruscas e fatais. Estes ainda podem adotar o poderoso controle da transformação através de poções e amuletos, mas somente estabilizam.


Fraquezas internas

Uma das poderosas forças mágicas que rondam a raça de lobisomens é a poderosa abstinência sentimental, ou seja, quando realmente são expostos a sentimentos fortes, causam-se mudanças ou enfraquecimento das raízes. As fraquezas internas somente surgem em lobisomens geneticamente transformados, os “NOVATOS” não se diferem com estas fraquezas. As fraquezas são:

Laços Sanguíneos – poderosos; o laço sanguíneo (parente familiar fortemente ligado) impede basicamente nas relativas fomes pela carne humana, ou seja, lobisomens não tacam seus pais ou irmãos. Na verdade protegem.

Ligação Corpórea – feitiço antigo lançado a raça; com o passar dos anos a raça descobriu que possuem alguma relação diferente quando se apaixonam pela garota certa. Quando encontram o verdadeiro “AMOR” sofrem um tipo de magia corpórea, como se fosse a outra parte de sua alma. Quando encontram esta garota, a protegem com sua própria vida, dependendo de sua existência.

Quando este amor morre, o lobisomem entra em um terrível estado de depressão e acaba deixando todos seus poderes, tendo o fim de suas transformações que os levam a morte por não conseguirem mais se alimentarem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado






MensagemAssunto: Re: Lobisomens - Regras, poderes, fraquezas e etc.   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Lobisomens - Regras, poderes, fraquezas e etc.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
RPG Hogwarts Mania - Feito de Fãs para Fãs. :: Quadro de Avisos :: Raças-